Contabilidade Pública

Consultoria na área Contábil, Financeira e Execução Orçamentária:

  • Consultoria Preventiva: Verificação da movimentação contábil e controle do orçamento, pertinente a sua autenticidade, anterioridade, classificação orçamentária e execução das  peças de planejamento;
  • Último Ano de Mandato: Acompanhamento das finanças públicas para adequação as exigências legais ao último ano de mandato;
  • Primeiro Ano de Mandato x Transição de Mandato: Acompanhamento das finanças públicas e rotinas da administração pública para o primeiro ano de mandato e transição de mandato;
  • Levantamento das despesas por centro de responsabilidade;
  • Análise das peças contábeis, orçamentárias e financeiras;
  • Relatórios gerenciais para a tomada de decisão;
  • Análise de convênios de recursos federais, estaduais e respectivo investimento de recursos próprios municipais;
  • Análise dos contratos vigentes e despesas de caráter continuado;
  • Acompanhamento da execução orçamentária até a entrega das contas e relatórios contábeis de atual exercício corrente;
  • Acompanhamento e avaliação do cumprimento dos limites de educação e saúde;
  • Sugestões para renegociação de preços com fornecedores;
  • Sistema AUDESP – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo: Análise dos procedimentos e rotinas contábeis, peças de planejamento público (Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei de Orçamentária Anual), estrutura do plano de contas contábeis e acompanhamento na gestão fiscal, para fins de adequação e cumprimento ao Projeto AUDESP do TCE SP;
  • Auditoria Contábil e Análise de Balanço: A auditoria no setor público tem por finalidade avaliar a gestão pública pelos processos e resultados gerenciais, no intuito de corrigir os desperdícios, a improbidade, a negligência e  a omissão;
  • Análise e interpretação dos Balanços Públicos: Orçamentário, Financeiro, Patrimonial e Variações Patrimoniais;
  • Consolidação da Movimentação das Entidades Governamentais: Verificação da situação econômico financeira do  Ente Municipal,  através  de  análise gerencial, interpretação e  consolidação  das  demonstrações  contábeis  do  município,  de   acordo com a Lei 4320/64,   Lei   de   Responsabilidade   Fiscal  e    Portarias da Secretaria  do  Tesouro Nacional;
  • Análise no Sistema de Controle de Custos: Implantação e operacionalização no sistema de controle de custos, proporcionando extrair as informações gerenciais para tomada de decisões e avaliação e custos, a partir de resultados obtidos da Execução Orçamentária, Financeira e Contabilidade;
  • Aplicação de Índices e Legislação Específica: Aplicação dos Recursos no Ensino (CF art. 212): Verificação do percentual obrigatório no desenvolvimento do Ensino;
  • Análise criteriosa das receitas oriundas de impostos e transferências e das despesas autorizadas na aplicação do ensino;
  • Aplicação dos Recursos do FUNDEB: Orientação no controle dos recursos pagos e recebidos (40% e 60%) em decorrência da municipalização;
  • Aplicação de Recursos na Saúde (EC 29/00): Orientação no controle dos recursos próprios aplicados na saúde, conforme (EC 29/00) e preenchimento dos quadros obrigatórios pelo SIOP/Federal;
  • Repasse de Duodécimo ao Poder Legislativo (EC 25/00): Indicação valores a serem repassados ao Poder Legislativo, conforme (EC 25/00);
  • Controle de Amortização e Precatórios : Controle gerencial e judiciário dos precatórios judiciais, bem como na sua amortização de acordo com a legislação atual;
  • Lei da Transparência Pública (LC 131/2009): Observação no cumprimento da referida legislação;
  • Lei de Acesso a Informação (Lei 12.527/2011): Acompanhamento no cumprimento da referida legislação;
  • Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/00): Orientação e acompanhamento no cumprimento das exigências e rotinas impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
  • Consultoria e treinamento sobre Normas Técnicas NBC T16 – Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público: aplicabilidade das normas a partir de 2010 de acordo com a determinação do CFC – Conselho Federal de Contabilidade;
  • Acompanhamento da implantação das IPSAS – Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público;
  • Implantação do PCASP – Plano de Contas Aplicado ao Setor Público, com obrigatoriedade execução em 2013.

Contador Público - 2010/2017 - Idealizado e produzido por Fabiana Pascoaloto